sábado, 9 de outubro de 2010

Consulta na IVI (através do HSM) adiada

Olá

Tinha consulta na IVI na semana que passou, mas tive que desmarcar, porque o termo de responsabilidade do Hospital de Santa Maria ainda não estava pronto. Tanta burocracia... bah! :( Tinham-me dado como prazo 2 a 3 semanas, mas afinal quando liguei para lá na 6ª feira já falaram num mês! :(

Fiquei triste... mas paciência não faço o tratamento em Outubro, faço em Novembro! :)

Remarquei a consulta na IVI para o final de Outubro... espero já ter o termo! Tenho que ter!!! :)

Beijos e um óptimo fim de semana a todos!

6 comentários:

mjm disse...

Minha Querida,
Nem sei que te diga :(

Lamento muito que ainda não tenhas o termo, deves insistir com eles porque com as novas medidas as coisas vão ser mais dificeis.

Espero que em breve já possas estar com esse problema resolvido e até antecipar a consulta.

Boa Sorte

Um Grande Beijinho

Eu e a vida... disse...

Amiga,
telefona todas as semanas para o HSM a insistir para teres o termo o quanto antes e dizes que já tens a consulta marcada na IVI e que tiveste que adiar já uma vez devido a uma informação mal dada pelo HSM quanto ao tempo que terias o termo.
Com os cortes do Governo e se atrasarem os pagamentos às Clinicas, estas, poderão começar a recusar os casais :(.

Beijos e tudo a correr bem
Ana

Aflet disse...

Minha querida,
desejo que tenhas o termo o mais breve possível, para que possas fazer o tratamento o quanto antes.
Beijos grandes

NatáliaC disse...

passei para deixar um bjs e desejar bom fim de semana!!

Maria Clara Campos disse...

Olá boa tarde. Leio regularmente o seu blog assim como de todas as meninas que fazem parte das ligações da Susana Pina, mas nunca tinha comentado. Também sofri do mesmo tormento pelo qual vocês estão a passar. Nunca consegui resolver o meu problema que, segundo os médicos que consultei, sempre no privado, se devia a falta de ovulações. Hoje já passei dos 50 anos, já entrei na menopausa e o sonho desvaneceu-se. Não me sinto menos mulher por isso, nem faço deste facto o drama da minha vida. Mas, durante muito tempo também chorei e sofri muito. Fui sempre muito apoiada pelo meu marido que nunca demonstrou ansiedade pelos resultados negativos. Estamos conformados. Li um uma parte em que a amiga descreve a maneira como muitas pessoas que se dizem nossas amigas, sem querer (o que eu não acredito) ou com intenção, na nossa presença fazem realçar a facilidade com que engravidarem. O bébé que a vizinha, coitada, sem possibilidades financeiras, teve etc. Eu já passei por isso com pessoas bastante próximas, com quem ainda hoje mantenho laços de grande amizade. Inclusivamente quando trabalhava (foi empregada nos escritórios da antiga CUF em Lisboa) tinha colegas de secção que paravam junto à minha secretária e entre elas (eram sempre as mesmas anormais) falavam dos filhos, como eram lindos, da alegria que lhes davam, etc. Desculpe o meu testamento mas senti vontade de desabafar o que sentia naqueles momentos. Hoje já nada me afecta. Podem falar de bebés, de gémeos, trigémeos. Estou curada. Desejo que o seu próximo tratamento lhe dê o positivo que tanto deseja. Um beijinho e vou lendo o seu blog à espera de boas notícias.

Susana Pina disse...

O SNS no seu melhor, para variar!!!
Um bj cehio de força
Susana